Eu mencionei como eu estava animada para o lançamento do jogo Persona 5. Tão animada que comecei a escrever fanfictions sobre P5 meses antes do jogo ser lançado no Japão e quase não tínhamos informações sobre os personagens ou o enredo. Em 15 de setembro de 2016, o jogo foi lançado no Japão (estou escrevendo isto em 15 de setembro de 2017. Então, foi exatamente um ano atrás! :D ). E em 4 de abril de 2017, finalmente saiu a versão ocidental (e tinha até opção de dublagem em Japonês como DLC gratuito, exatamente como eu queria).

Eu normalmente não compro jogos em pré-venda, mas com o Persona 5, não resisti. Comprei online, na loja ShopB (não que eu queira fazer propaganda, mas já fazendo :P). Consegui um cupom de desconto em troca de dois jogos de GBA antigos que estavam encostados aqui, que eu praticamente nem joguei (eram jogos que vieram com o GBA usado que eu comprei no final de 2008), e a loja me deu um desconto extra pelo pagamento à vista (no fim, o desconto total foi de uns R$91!). A loja enviou o produto rapidamente, e o jogo estava em minhas mãos no dia do lançamento nacional (aqui no Brasil foi em 7 de abril, diferente dos USA e da Europa que foi no dia 4).

Eu não diria que o jogo não tem falhas, mas foi tão bom e divertido quanto eu esperava. Eu já fechei duas vezes (com áudio em Japonês) e consegui o troféu Platina no meu segundo playthrough. Atualmente estou jogando pela terceira vez (testando o áudio em Inglês). Há tantos pequenos detalhes que podem passar facilmente despercebidos na primeira, ou mesmo na segunda vez. O Persona 5 ainda continua me divertindo, mesmo que seja a minha terceira vez (e me dando ainda mais idéias de fanfics :P ). Estou muito satisfeita e fico contente pelo jogo ter correspondido às minhas expectativas e toda a anciedade desde o ano passado. Vale cada centavo e o trabalho que tive pra trocar os cartuchos de GBA usados :D .

Pra comemorar que eu platinei o jogo, e também que terminei uma das minhas fanfics longas (em Inglês) (que comecei a escrever antes do lançamento do jogo no Japão no ano passado), fiz um cover com UTAU da música de abertura do jogo, "Wake Up, Get Up, Get Out There" (se fosse traduzir pra Português, seria meio que "levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima" :P ). Mas... UTAU? Sim, um software de síntese de canto. Eu já falei sobre isso aqui, onde eu tinha concluído que era impossível de usar o programa sem mouse e que eu provavelmente nunca conseguiria usar. Eu estava errada! De repente, decidi fuçar no programa um dia desses alguns meses atrás, e qual não foi minha surpresa quando consegui conectar algumas sílabas suavemente! Então, decidi fazer cover de uma música, e aqui está.

O link do vídeo está abaixo, com... a versão brasileira da capa do jogo! (tem coisas escritas em Português, mas o jogo está em Inglês) ... E um instrumental (bem impreciso) feito por mim, usando o software de gerador de acompanhamentos MMA(Musical MIDI Accompaniment) e meu teclado Motif XF.

Créditos e mais detalhes estão na descrição do vídeo, aqui.

Para baixar apenas o áudio:

Baixar/ouvir: wake-up_0.1.ogg (OpenDrive) | wake-up_0.1.mp3 (4shared)